---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Município adotarão medidas mais restritivas para conter Covid-19

Publicado em 17/07/2020 às 17:31 - Atualizado em 17/07/2020 às 17:31

Preocupados com a maior curva de crescimento de contágios por coronavirus, desde os primeiros casos em março, os prefeitos da Amures se reuniram por videoconferência na tarde desta sexta-feira (17), com o secretário de Estado da Saúde André Motta Ribeiro e decidiram tomar medidas mais restritivas de enfrentamento à Covid-19.
Nos 18 municípios da Serra Catarinense será decretada que a abertura dos estabelecimentos comerciais será permitida até às 22 horas. A circulação de pessoas pelas ruas sem máscara também será proibida, bem como a permanência de grupos de pessoas em locais públicos.
“A situação está caminhando para o colapso do sistema de atendimento e somos obrigados a tomar decisões uniformes e mais restritivas em toda região. Até segunda-feira as medidas devem estar valendo em toda Serra Catarinense”, explicou o presidente da Amures, prefeito de Correia Pinto Celso Rogério Alves Ribeiro.
Os prefeitos concordaram também, que além de multas, os estabelecimentos que descumprirem o decreto poderão sofrer outras sanções. O prefeito de Lages Antonio Ceron, disse que devem ser consideradas peculiaridades de alguns municípios e que novos ajustes serão feitos num novo decreto a ser editado.
De Brasília a deputada federal Carmen Zanotto, que tem atuado de forma exemplar na busca de ações de enfrentamento à pandemia, participou da reunião e reiterou ao secretário André Motta, a abertura mais rápida possível de dez novos leitos de UTI na ala atual do Hospital Tereza Ramos. E observou que até terça-feira deve ser publicada a portaria que autoriza outros dez leitos de UTI no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres.
O secretário André Motta reconheceu o esforço que os municípios estão fazendo no enfrentamento à pandemia e citou a importância da adesão da população na linha de cuidados e medidas sanitárias. “Sobre a ala nova do Tereza Ramos estou acompanhando e será entregue muito em breve”, resumiu André Motta.

 

Novos leitos de UTI

Os prefeitos da Amures trataram também, com o secretário de Estado da Saúde André Motta, sobre a importância da abertura urgente de novos leitos de UTI. “Estamos com canal de negociação aberto para combater a Covid-19, junto com os municípios. As decisões e intervenções tem de ser compartilhadas”, declarou André Motta.
Ele disse que a prioridade agora é enfrentar a alta taxa contaminação e falou dos dez aparelhos respiradores e monitores que foram entregues nessa sexta-feira, ao Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, para novos leitos de UTI.
André Motta pediu aos prefeitos que ajudem da forma que puder, com medidas preventivas e conscientização da população. O presidente da Amures disse que a curva de crescimento era esperada e os leitos de retaguarda são indispensáveis neste momento. “Chegamos a 100% dos leitos de UTI da Covid-19 ocupados”, lamentou Celso Robério Alves Ribeiro.

A pedido dos prefeitos da Amures, esta semana a diretora executiva do Consórcio de Saúde Beatriz Montemezzo enviou ofício à deputada federal Carmen Zanotto solicitando apoio para disponibilização pelo Ministério da Saúde, dos seguintes medicamentos: VITAMINA C 500MG, VITAMINA D 7000UI, AZITROMICINA 500MG, HIDROXICLOROQUINA 400MG, IVERMECTINA 6MG, DIPIRONA 500MG, ZINCO 20MG, SELENIO 400MCG, conforme protocolo do Ministério da Saúde para combater o COVID-19.

 

 https://www.amures.org.br/noticias/index/ver/codMapaItem/41771/codNoticia/626811?fbclid=IwAR3nBFOQJaNAcSu36rO-xt_SXUwHa2w9PnFCnER1Q0n-4FU3BnWV6dZsji4